Aventuras de um dia nublado!

Fonte: todahoratemhistoria.wordpress.com
Olá amores e amoras,

Fico me perguntando porque a maioria das pessoas não gostam de chuva e dias nublados, ou melhor dizendo, acabam ficando melodramáticas, tristes e transformam aquele dia/momento em algo tedioso, ruim e impróprio para a diversão. É realmente estranho saber que muitos acham que dia feliz é apenas quando há aquele sol raiando, embora eu possa concordar que esses dias realmente são mais animados. 
Na verdade o que quero dizer com tudo isso é que em dias nublados/chuvosos também há diversas possibilidades de serem divertidos e alegres, e que na verdade tudo acaba dependendo de você!
Alguns dias atrás eu tive uma prova disso, o dia estava realmente nublado, um tanto quanto chuvoso, mas mesmo assim foi mais divertido que muitos dias ensolarados, e foi a partir disso que decidi fazer esse post, para justamente contar essa experiência.

Eu tenho um amigo que, como eu, adora pedalar pela cidade, e nós tentamos cumprir a - difícil - tarefa de todos os domingos fazer o percurso do Villa-Lobos ao Parque Ibirapuera.
Esse dia em questão amanheceu frio, nublado e garoando, mas mesmo assim não perdemos a esperança de que o dia fosse melhorar e partimos rumo à nossa jornada. Porém, descobrimos que um pedaço do percurso estaria interditado e tivemos que mudar a rota, então fomos ao Parque Ibirapuera e seguimos para a Av. Paulista pedalando. 
OBS: Ele me convenceu (com muito custo) à ir sentido a Paulista, pois para isso teríamos que subir a Av. Brigadeiro Luís Antônio inteira. 
Quando estávamos na metade do caminho, sentido Av. Paulista, começou a chover, mas havia um Subway bem próximo e unimos o útil ao agradável. Claro que apareceu um morador de rua pedindo lanche, mas olha pelo lado bom: fizemos uma boa ação. Só que nesse momento começa a melhor parte do dia, quando vamos pagar e meu amigo percebe que deixou a carteira no carro (lá no Ibirapuera) e infelizmente o dinheiro que eu tinha não dava pra pagar o meu lanche e o dele, então ele teve que pegar a bike e ir buscar a carteira.
Para encurtar um pouco toda a história: eu fiquei esperando enquanto ele foi buscar a carteira e depois decidimos voltar pra casa, pois o dia já tinha sido "perdido" e não dava pra pedalar mais. Quando já estávamos no carro, percebemos um papel molhado no para-brisa e para completar o dia ele tinha acabado de receber a primeira multa!!!

Muitas pessoas já teriam deixado de sair de casa só pelo fato de o dia estar "feio", teriam preferido ficar em casa, assistindo uma série ou muitas vezes reclamando do tempo. Mesmo o tal dia estando nublado e chuvoso, tendo que subir toda a Av. Brigadeiro Luís Antônio, ter que esperar o amigo ir até o carro e voltar, perdido o dia de andar de bike e ainda ter que lidar com a situação de receber multa sem termos sido culpados, eu escolhi rir de toda a situação à fechar a cara e ver tudo negativamente. 
É nesse ponto que eu queria chegar. O ponto da positividade, o ponto de usarmos todas as circunstâncias - mesmo elas sendo ruins - para se divertir, levar numa boa e aproveitar da melhor forma, pois pense bem: O que me levaria a reclamar daquele dia ?

Comece ver os dias nublados e chuvosos como dias apropriados para se divertir, não deixe de sair,  não se feche dentro de uma bolha, não se deprima! Mas além dos dias nublados, leve isso para sua vida, pense positivamente sempre, é a partir dessa atitude que as coisas começam a melhorar.
E a propósito, gostaria de agradecer esse meu amigo a ter feito esse dia ser tão único e divertido!

"Sorrir é a melhor maneira de animar, seduzir ou fazer amigos. Sorria. Garanto que a vida vai sorrir de volta". 
- Davi Khouri


Até o próximo post,amoras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário