Livro do mês: O Lado Feio do Amor - Colleen Hoover


Detalhes do livro:
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Gênero: Romance Adulto
Ano: 2015
Nº de páginas: 336


Sinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.
O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

Sempre que avistava esse título nas livrarias eu ficava intrigada, querendo saber qual a história, afinal existe mesmo o lado feio do amor e creio que todos já o conheceram. Aproveitei uma promoção da Saraiva e comprei ele, preciso admitir que ao contrário de outras pessoas, eu não curti tanto a história (mas não sei dizer exatamente o porquê), mas não que seja um livro ruim, longe disso!

A história de Tate e Miles prende a atenção, fazendo com que você queira saber o que se passa pelos pensamentos desse cara tão fechadão.
Tate é uma jovem determinada, tem uma personalidade forte e não gosta de ser feita de boba, porém as coisas parecem sair fora do seu controle quando ela, por conta de seus estudos, decide ir morar com o irmão, Corbin, em São Paulo. Logo ao chegar no apartamento do irmão, Tate é surpreendida por um cara que está bêbado e desmaiado em frente a porta, o que a impossibilita de entrar. 



Não sabendo mais o que fazer, Tate liga para seu irmão e logo o mesmo identifica que o cara é seu melhor amigo, Miles, e que para o mesmo estar nesse estado, algo aconteceu e orienta que sua irmã acomode o cara no sofá da sala. Ao olhar aquele cara, Tate não imagina que os dois viveram uma história pra lá de turbulenta.
Miles teve um passado muito difícil, mas o mesmo não se abre com ninguém e muito menos se envolve com outras mulheres, mas com Tate será diferente, afinal rola uma atração muito forte pelos dois. O cara reservado e misterioso tenta manter distância de Tate, mas durante o jantar de Ação de Graças as coisas mudam, e Miles propõe uma amizade com benefícios, ou seja, os dois se relacionariam desde que Tate seguissem duas regras básicas e fundamentais: nunca perguntar sobre o passado e não esperar um futuro.
"O amor nem sempre é bonito,Tate. Às vezes você passa o tempo inteiro desejando que um dia ele mude. Que melhore. E aí, antes que você perceba, você já voltou pra estaca zero e perdeu seu coração em algum lugar no meio do caminho."
Obviamente que foi muito difícil pra Tate não se apegar, não esperar um futuro e muitos menos não se questionar o porque de Miles ser tão fechado, como já era esperado, a jovem acaba machucada. Com algumas dificuldades, o rapaz se deixa levar por esse sentimento que ele tanto tenta sufocar e o casal se entende, mas claro que antes muitas coisas acontecem e só lendo pra descobrir né, amoras.

"Se ficar com Tate por alguns poucos meses pode fazer a dor suportável o suficiente para você responder a essa pergunta com um talvez, imagine o que uma vida inteira com ela poderia fazer por você."

Esse livro demonstra aquela fase difícil de quem já amou e sofreu muito, aquela situação que você encontra alguém interessante e não consegue se deixar envolver por já ter sofrido demais. O lado feio do amor existe sim e só quem já o conheceu sabe como é difícil conseguir viver o lado bonito, mas não desista.

Até a próxima resenha amoras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário