27 julho 2017

Os diferentes tipos de Yoga.


Olá amores e amoras,

Há um tempo eu conheço a yoga, cheguei a praticar por uns meses e amei, mas tive que parar por falta de tempo (péssima ideia), mas agora estou retomando. Além disso estou praticando meditação, é um pouco difícil concentrar e desviar os demasiados pensamentos, mas aos poucos estou conseguindo. 

Mas primeiramente, vocês sabem o que é yoga?
Bom, a yoga é uma prática que tem como o objetivo silenciar a mente. Oriunda da Índia, tendo como base os princípios das disciplinas físicas e mentais, relacionada ao budismo e ao hinduísmo. A yoga nos traz diversos benefícios, mas isso não é papo pra esse post.
Muitos não sabem, mas a yoga tem diversos tipos, basta você pesquisar e saber qual se encaixa mais com o seu objetivo.

  • Hatha Yoga
É o tipo de yoga mais popular e com posições mais fáceis de realizar. Hatha vem do sânscrito  "ha" - sol e "tha" - lua, no qual o método tem como objetivo unir os pares opostos, trazendo o equilíbrio entre corpo e mente.
A prática dessa yoga acompanha posturas (asanas), exercícios de respiração (pranayama) e meditação/ concentração/ relaxamento (dharana e dhyana) - vou deixar para explicar mais afundo quando eu focar apenas em um tipo de yoga, ok? -. As aulas de hatha yoga possui uma sequência lenta e prolongada, finalizando sempre com uma meditação ou exercícios de concentração ou de relaxamento, porém as posturas vão ganhando intensidade conforme os alunos adquirem flexibilidade e força.

  • Kundalini Yoga
Kundaline é referente a uma energia primordial que está presente em todos os seres humanos e que evolui ao longo de um canal principal na coluna vertebral, no centro da medula espinal a partir do sacro até o topo da cabeça. (yogui.co) Esse tipo de yoga tem como objetivo o despertar da consciência, dominando essa energia através da prática de asanas (posturas), pranayama (respiração), bandhas (contrações) e recitação de mantras. 
As aulas de kundalini yoga segue uma ordem, alguns aquecimentos, uma série de asanas com tema específico, relaxamento, meditação e as vezes mantras com posições das mãos.


  • Raja Yoga
O raja yoga é uma linha mais espiritual, ou seja não trabalha como uma atividade física. O objetivo é a comunhão com Deus, através da prática de meditação, vivência de elevada ética de conduta, serviço impessoal ao mundo e veracidade. A prática dessa yoga consiste na respiração (pranayamas), irradiação de amor e namaskara (rendição total a Deus), mas também de algumas posições (asanas). Esse tipo de yoga também é conhecido como Ashtanga Yoga.

  • Vinyasa Yoga
Vinyasa vem do sânscrito "vi" - de uma forma em especial e "nyasa" - colocar, ou seja, é um método descrito popularmente como: "A sequência de movimentos coordenados com a respiração que ligam uma postura com outra para criar um fluxo contínuo".
A prática desse tipo de yoga é a base de posturas (asanas), criando uma meditação em movimento, e meditação estática no final da aula/  concentração/ relaxamento (dharana e dhyana). As aulas práticas dessa yoga é uma sequência fluída de movimentos sincronizados com a respiração, ou seja, é uma yoga derivado da Hatha Yoga, mas com posturas mais difíceis. 


  • Iyengar Yoga
O estilo desta yoga é nomeado pelo sobrenome de Bellur Krishnamachar Sundararaja Iyengar, no qual ensinou mais de 200 posturas (asanas) e 14 exercícios de respiração (pranayamas), resultando após o resultado de graves doenças quando jovem, no qual, posteriormente, praticou de forma terapêutica.
A estrutura da aula possui uma sequência lenta, espaçada e prolongada, não incluindo movimentos dinâmicos ou fluidos, apenas focando no alinhamento detalhado da postura.


  • Power Yoga
É o estilo de yoga mais vigoroso, tendo como significado ensinar aos praticantes a se comunicar melhor com seus próprios corpos e acessar seu lado espiritual mais essencial (core), para que assim consiga atingir o verdadeiro poder (power), que vem de dentro.
As aulas são bastante vigorosas, suficiente para obter benefícios físicos rapidamente, mas ainda assim é introduzido durante as instruções pequenos ensinamentos da filosofia da yoga. A mesma possui três sub-tipos, sendo eles: Power Yoga, Core Yoga e Hot Yoga.


  • Yoga Integral
Introduzido desde 1966, formando uma combinação de práticas físicas e espirituais com abordagens psicológicas e filosóficas, incentivando o serviço voluntário e o altruísmo. Esse estilo usa exercícios de respiração (pranayama), posturas (asanas) e meditação/ relaxamento (dhrana e dhyana) como uma forma de elevar o nível de consciência e se unificar ao seu superior.
A estrutura da aula é determinada por uma ordem: Primeiro pranayama, asanas e dharana e dhyana.


  • Sivananda Yoga
A sivananda visa alcançar a meta de união da mente, corpo e espírito através da criação de um corpo e mente saudáveis que levem a um estado de consciência individual, tendo cinco pontos fundamentais: exercício adequado (asanas), respiração correta (pranayama), relaxamento adequado, dieta saudável, pensamento positivo (vedanta) e meditação (dhyana).
As aulas são desenvolvidas por 12 asanas básicos, sendo muito mais que um alongamento, em um ritmo debagar e com bastante meditação.



























  • Shadow Yoga 
Ligado ao sistema de Hatha Yoga, projetado para ligar e manter vivo o fogo interior, iluminar a meditação e promover a própria cura. Esse sistema começa com um aquecimento das articulações e os "Prelúdios em pé", que são preparações para pratiar com segurança e eficácia as formas mais avançadas de Hatha Yoga.
As aulas consistem em asanas-vinyasa (posturas fluidas), kryias (limpezas), mudras (posturas com as mãos), posturas invertidas, pranayama (respiração), pratyahara (práticas de retiro dos sentidos) e laya (absorção de conhecimento).


  • Universal Yoga
Esse sistema baseia-se no conceito dos mayakoshas ou camadas do ser, incluindo os aspectos físicos, energéticos, emocionais, mentais, intelectuais, da mente flutuante (chitta) e as camadas cármicas, com o objetivo de proporcionar equilíbrio entre essas camadas, dentro de cada camada, entre o praticante e o mundo exterior.
As aulas são constituídas de asanas, vinuasas, técnicas de respiração e giros sobre o tapete que são criativamente integrados ao usar todas as principais gamas de mobilidade para os braços, pernas e coluna vertebral. Na aula tradicional usa-se o sistema de tapete cruzado, ou seja, dois tapetes de yoga posicionados em forma de cruz, para maior facilidade nas transições típicas das sequências.


Juro que nem eu sabia que existiam tantos tipos de yoga, e creio que a que pratico é a Hatha Yoga, mas existem muitas diferentes e interessantes. Você tem vontade de praticar? Qual? Conta ai.

Até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SONHOS AFLORADOS
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL