29 outubro 2018

Série da vez: Anne With an E

Fonte: Medium
Olá amoras,

Como vocês estão?

Depois de ver que muitas pessoas estavam indicando essa série, eu decidi assistir e pra ser bem sincera, não dava nada por ela.

Comecei a assistir e não conseguia largar, tanto que eu quase - QUASE - consegui maratonar a primeira temporada. Pra quem leu o primeiro post sobre "série da vez" (acesse o post aqui) lembra que eu disse que não consigo maratonar e que não tenho muita paciência pra assistir série, então quando acontece de eu assistir sem parar é porque eu realmente gostei. 

Anne With an E é uma série dramática, criada por Moira Walley-Beckett e bem atual, chegou na Netflix em 2017. Mesmo sendo uma série nova, toda a história é retratada em uma época bem antiga, com costumes bem diferentes do que estamos acostumados hoje em dia. 

A personagem principal, Anne Shirley Cuthbert (Amybeth Mecnulty) é órfã e já sofreu muito em diversos momentos de sua vida, mas mesmo assim é possível perceber, desde o início da série, que é uma garota muito esperançosa, que acredita que tudo pode ser diferente. 

Fonte: Série Maníacos
Quando Marilla Cuthbert (Geraldine James) e Matthew Cuthbert (R. H. Thomson) decidem adotar um menino para ajudarem em sua fazenda, há um mal entendido e quem vem fazer parte da família é Anne, obviamente que eles ficaram muito surpresos e não aceitaram muito bem no início, já que uma menina não poderia ajudá-los nas tarefas árduas de uma fazenda. #SQN

Só que Anne não quer voltar, ela quer muito ter uma família e faz de tudo para que eles a aceitem, e isso acontece. Claramente nem tudo foi tão fácil, alguns contratempos ocorreram, mas depois Anne foi considerada como da família e alguns termos formais foram jogados de lado.

O mais interessante da história é que mostra o quanto o preconceito está enraizado nas pessoas. Anne é uma garota ruiva, cheia de sardas e muito faladeira, o que incomoda muitas pessoas. Além disso, a personagem não parece ser uma garota de 13 anos do século XIX, já que foge dos ideais da época, sonhadora, inconformada com os critérios estabelecidos pela sociedade.

Anne Shirley Cuthbert sofre muito bullying, mas supera cada um deles com muita garra. Essa série trata de muitos assuntos que mesmo sendo muito antigos, estão muito presentes atualmente, o que faz a história ser ainda melhor. Assuntos como feminismo, lutar pelo o que quer, educação de qualidade, identidade e preconceito são o ponto chave de tudo o que é falado na série. 




A série possui 2 temporadas. A primeira temporada tem 7 episódios de 44 minutos (mais ou menos) e a segunda temporada tem 10 episódios também de 44 minutos.

Eu gostei muito da série e espero que a terceira temporada chegue logo, e vocês, já assistiram? Conta nos comentários o que achou.



Até breve!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

SONHOS AFLORADOS
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL