17 dezembro 2018

Série da vez: Bates Motel

Fonte: blog.jovempan.uol.com.br
Olá amoras,

Como vocês estão nesse calor absurdo? Espero que, razoavelmente, bem. 

Bom, quem acompanha os posts aqui do blog perceberam que de uns tempos pra cá eu venho fazendo resenha de algumas séries que assisti. Se você não viu, é só clicar em Anne with an E ou clicar em Safe

Não consigo acreditar que já consegui terminar 3 séries de verdade. Bates Motel eu consegui, pela primeira vez, maratonar em menos de 24h, quem diria. 

Bom, sem mais delongas. 

Depois que comecei a estudar psicologia, comecei a procurar mais filmes e séries que falam sobre o assunto e foi quando decidi dar uma chance pra Bates Motel, que já tinham me indicado, mas eu achava que era muito suspense pra mim. #SQN

Bates Motel  é uma série de suspense, e uma adaptação do filme Psicose do autor Robert Bloch de 1961. A adaptação é feita na atualidade, e foi ao ar em 2013 pela emissora de televisão A&E. A série possui 5 temporadas, sendo 10 episódios cada, o que facilita muito para maratonar, além de que cada episódio são de, no máximo, 50 minutos, mas a maioria é de 43 minutos.

Fonte: blogs.correiobraziliense.com.br


O que mais me cativou pra assistir toda a série, além de todo o problema psicológico do ator principal, é que a cada episódio há algum suspense, algo que te deixa com vontade de assistir ao próximo episódio pra saber o que aconteceu, sempre há um mistério. 

A história tem início quando o pai de Norman Bates (Freddie Highmore) falece e sua mãe, Norma Bates (Vera Farmiga) decidi recomeçar comprando um carro novo e um motel que fica em White Pine Bay, Oregon.  Desde os primeiros dias que os dois estão morando na casa, já acontece do antigo morador fazer uma visita para Norma e as coisas saem do controle, com ela e o filho tendo que esconder o corpo depois, pois é, tudo isso acontece logo no primeiro episódio. 

Logo depois já conhecemos o Xerife Romero (Nestor Carbonell) e o investigador Shelby (Mike Vogel) que ficam intrigados com o sumiço do antigo morador. Logo o investigador acaba tendo um caso com Norma, que não dá muito certo no final, já que o cara tem uma vida bem sombria e que ninguém imagina. 

Em seguida nós conhecemos a Emma Decody (Olivia Cooke), que passa a trabalhar no motel e tem uma paixonite por Norman e conhecemos também o irmão do Norman, Dylan Massett (Max Thieriot) que não se dá nem um pouco bem com a mãe. 

Fonte: giphy

A história começa a ficar bem mais interessante quando Norman passa a ter alguns apagões, onde ele fala e faz coisas que não se lembra depois. Quando ele foi sequestrado, passando um tempo preso dentro de um caixote, ele consegue se lembrar de tudo o que fez quando teve os apagões e fica transtornado. Sua mãe, Norma, não consegue admitir que o filho tem sérios problemas, mesmo que Dylan converse com ela e tente ajudar. 

A cada episódio a série fica mais empolgante e muitas coisas vão acontecendo, como por exemplo o irmão, Caleb Calhoun (Kenny Johnson) da Norma aparecer do nada querendo se reconciliar e é aí que ficamos sabendo que ele estuprava ela quando eram pequenos e que Dylan é seu filho. 

Aos poucos vamos descobrindo melhor como é esses apagões que Norman tem, e na verdade fica tudo mais apavorante, já que ele assume a identidade da mãe, se vestindo como ela, andando como ela e falando como ela, ou outras vezes ele vê a mãe e conversa com ela, fazendo o que ela quer. Na quinta temporada fica bem claro isso, já que Norman fica transtornado e praticamente vive sua doença 24h por dia. 

Fonte: pesquisa no google
Espero não ter dado muito spoiler, mas só essa última imagem já é chocante o suficiente e vai deixar sua imaginação a mil. Realmente Bates Motel é uma série incrível, de deixar você doido pra assistir a cada tempinho que tiver de folga. 

O ator Freddie foi incrível em sua atuação, fez o papel de maneira perfeita e toda a trama foi muito bem colocada. A única coisa bem confusa aqui é que a série parece ser de época, já que as vestimentas são mais antigas, a decoração da casa e alguns objetos, mas ao mesmo tempo os personagens usam iphone 4 ou 5, há TV LCD, enfim, nessa parte é um pouco confuso.

Eu gostaria que a série não tivesse acabado, eu assistiria ela pra sempre, confesso! Espero que se você não tiver assistido, assista e depois me conte! E se você já assistiu, conta pra mim o que achou aí nos comentários, beleza?

Até mais amoras!

2 comentários:

  1. Olá!
    Conheci seu blog pelo Facebook e estou encantada. Eu fiz uma resenha sobre essa série lá no Lumusiando porque ela é simplesmente incrível, eu amo o enredo, os personagens, a trama, tudo me anima nessa série. Amei seu blog e já estou seguindo em todas as redes sociais.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria Eduardo, tudo bem ?
    Mulher, eu amei essa série, de verdade. Está entre as minhas preferidas!
    Fico muito feliz que tenha gostado do meu blog e que esteja seguindo. Irei dar uma olhada no Lumusiando também.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir

SONHOS AFLORADOS
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL