08 julho 2019

Cine Resenha: Nosso Último Verão

Fonte: clubconectat.com.br
Ficha Técnica:
Ano: 2019
Duração: 1h 49min
Gênero: Comédia Romântica, Romance
Direção: William Bindley
Roteiro: William Bindley, Scott Bindley
Distribuição: Netflix

Olá amoras,

Agora que estou de férias estou tentando colocar em dia minha lista imensa da Netflix, mas acho que é impossível, já que toda hora lançam novos filmes e eu vou adicionando. No cine resenha de hoje teremos mais um filme do gênero comédia romântica porque estou nessa vibe, na verdade, uns dias atrás eu assisti o lançamento da Netflix chamado "Meu Eterno Talvez", achei bem fofinho, só não vou fazer resenha porque não tenho nada reflexivo pra trazer. 

Se você quiser ler as outras resenhas é só clicar na #cineresenha. Enfim, sem mais delongas. 

Fonte: Google Images
O filme estreou em maio e fala sobre o momento de término do ensino médio e todas aquelas questões sobre qual curso e faculdade escolher, dificuldades nos relacionamentos amorosos, preocupações sexuais e etc. 

Nosso Último Verão conta as dificuldade de um grupo de jovens que acabaram de se formar no ensino médio e precisam tomar algumas decisões. Griffin (K.J. Apa) é apaixonado por música e tem talento para tal, mas é pressionado pelo pai para cursar administração numa prestigiosa faculdade, enquanto ele vai à uma festa ele reencontra Phoebe (Maia Mitchell), uma aspirante a cineasta que está produzindo um documentário para conseguir uma bolsa na NYU. Griffin passa a ajudar Phoebe na edição de áudio do documentário e assim os dois se apaixonam e vivem um paixão de verão que pode não dar certos por demais complicações. 

Enquanto isso Erin (Halston Sage) e Alec (Jacob Latimore) terminam o relacionamento por conta da distância entre as faculdades que eles pretendem cursar e nisso eles conhecem outras pessoas que mostram outras concepções sobre relacionamento. Erin conhece o jogador de beisebol Ricky (Tyler Posey) e Alec se envolve com Paige (Gage Golightly), enfim já dá pra sacar que vai rolar uma saudade do que tinham antes né?!

Fonte: Google Images

No meio de tantos personagens que já têm em mente o que irão fazer, a amiga de Erin, Audrey (Sosie Bacon) foi recusada pela faculdade que desejava e a partir disso passa a trabalhar para uma ex atriz que deseja que sua filha seja uma artista também, com essa garotinha ela aprende a ver a vida por uma perspectiva diferente e decide o que fazer do seu futuro.


Temos também o jovem Foster (Wolfgang Novogratz) que trabalha com Alec e no desespero de conseguir um relacionamento cria uma lista de garotas que quer ficar e percebe que isso não é muito certo depois de alguns acontecimentos meio embaraçosos.  

Por último temos a dupla Reece e Chad (Jacob McCarthy) que são dois amigos nerds que não conseguem sair com nenhuma garota e para mudarem a situação eles passam a fingir que são mais velhos, frequentam bares de empresários e economistas para conseguir conquistar mulheres mais velhas.


Já que no início do post eu falei que gosto de trazer algo reflexivo, eu escolhi fazer a resenha desse filme porque realmente temos essas dúvidas referentes decisões difíceis que irão dar um rumo à nossa vida e na verdade não é apenas quando somos jovens e terminamos o ensino médio. É só você pensar em quantas vezes ficou em dúvida sobre seu relacionamento ou qual caminho seguir, dar início ou não aquele projeto, seguir aquilo que vai te dar mais dinheiro ou agradar mais alguém ao invés de fazer aquilo que você ama. 

Precisamos curtir nossos momentos, seguir nossos sonhos e nossas vontades porque na verdade é a nossa vida e será nós que teremos que lidar com as consequências e não os outros. 

Deixei o trailer do filme pra você conferir e é um bom filme pra assistir quando estiver no tédio. Se já assistiu ou quando assistir, comenta aqui o que achou, beleza?!

Até a próxima amoras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SONHOS AFLORADOS
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL